terça-feira, 6 de abril de 2010

Sobre a perda de peso

A realidade é que não estou a perder peso pelos "métodos normais", a minha perda de peso deve-se simplesmente ao facto de não ter estômago. O ano passado, se bem se lembram fiz uma cirurgia, depois de meses de tratamentos sem sucesso, os médicos tomaram uma decisão radical e decidiram retirar-me o estômago por completo, assim como parte do intestino e com um bocado de intestino fizeram uma espécie de estômago falso. A cirurgia foi um sucesso e "fiquei curada", como bónus comecei a perder peso derivado da dieta e do facto de não fazer a absorção dos alimentos. A desvantagem é que também não faço a absorção dos nutrientes e dos medicamentos (se ficar doente). Mas não se pode ter tudo, e se não tivesse feito a operação naquela altura quem sabe...

4 comentários:

Patrícia disse...

Pronto, está explicado!
Na altura, fiquei curiosa com o que te tinha acontecido, mas como nunca escreveste sobre isso, não quis insistir.
Minha querida, independentemente da causa que tenha levado a uma decisão médica, para mim, um bocado drástica, sim porque não se anda por aí a tirar estômagos e bocados de intestinos às pessoas.
Teve que ser algo grave grave o que te aconteceu...
Enfim, não interessa!
O que interessa é que estás bem!
E o lado bom da coisa, estás a perder peso!
No meio de tudo, tem que haver algo positivo!

Bjs

A mamã disse...

pronto resolvido o mistério
um dois em um cheinho vantagens então :-)
o importante mesmo é estares bem
mil bjinhos

sofia disse...

:)

O meu mundo disse...

Pois eu não sei se arriscaria a fazer uma coisa dessas mas quando a saude fala mais alto deixa-se a pieguiçe de lado... só não acho piada a estares muito mais magra do que eu, lol.