terça-feira, 5 de abril de 2011

Eu entro na cama sorrateiramente

Nuno-jumbo
Eu-jumbo o que?
-o sitio onde se compra a pulseira
-qual pulseira?
-a pulseira para não vomitar
-e para que é que queres uma pulseira do enjoo?
-não é para mim é para a rapariga
-qual rapariga?
-a rapariga que estava aqui...deixa ver se ela lá vem
-mas vem para onde?
-ela foi buscar a identificação...eu pedi-lhe e ela não tinha
-nuno tens noção de que estás a dormir?
-e tu porque é que estás a fazer tantas perguntas? Senta-te ai que ela já volta

4 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

hahahahahhahah

♥pézinhos de lã♥ disse...

de morrer a rir!!!

Mary disse...

Ui cá em casa também temos diálogos destes! E o mais estranho é que o Tê abre os olhos, e parece mesmo que está acordado, a dizer as maiores barbaridades!
Isto para não falar nas vezes em que me acorda aos gritos e empurrões para me salvar de um determinado perigo. É hilariante.

Paula disse...

LOLOLOLOLOL

Muito, mas mesmo muito bom!
Era disto que eu estava a precisar, para me animar neste final de dia...

LOLOLOLOLOL... ainda estou a rir, quase a chorar.

Obrigada Sofia, por seres quem és, por teres a família que tens, e por partilhares connosco as vossas histórias!

LOLOLOLOL